Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Enfermeira precisa-se! Mas, pelos vistos, não a querem empregar!

Olá colegas!

Estava eu a pesquisar notícias sobre a nossa nobre profiissão quando me deparei com o
seguinte artigo:

Centro de saúde da Mata Mourisca com falta de recursos

Enfermeira precisa-se

Texto de Adriana Afonso

O presidente da Junta de Freguesia da Mata Mourisca, António Fernandes, denunciou, na última Assembleia Municipal, que a extensão de saúde daquela freguesia encontra-se sem enfermeira há algum tempo. Segundo o autarca, a directora do Centro de Saúde de Pombal, Isabel Gonçalves, tem sido impecável, mas a própria médica da Mata Mourisca não tem apoio. De acordo com Isabel Gonçalves, em Maio já tinha sido proposta a renovação do contrato do elemento de enfermagem ali colocado, aguardando-se a muito breve prazo o despacho positivo do Conselho da Administração da A.R.S. Centro.
De acordo com António Fernandes, até agora a Administração Regional de Saúde do centro e a Sub-Região de Saúde de Leiria ainda não responderam à solicitação da freguesia e, a população pode vir a fazer um abaixo-assinado. Estamos há um mês e meio sem enfermeira e temos 2500 utentes no ficheiro. O autarca realça que a directora do Centro de Saúde de Pombal manda uma enfermeira dois dias por semana para resolver os casos mais complicados, mas que a própria médica da extensão não tem apoio, fazendo as consultas de planeamento familiar e a saúde materno-infantil sozinha.
Contactada por O ECO a respeito dessa questão, Isabel Gonçalves declara que como dirigente de uma Instituição que presta Cuidados de Saúde a uma população abrangente de 64.141 utentes inscritos em 32 Médicos de Família, na Sede e 17 Extensões de Saúde, não posso deixar de expressar a minha preocupação e sensibilidade no que concerne à escassez de Recursos Humanos existente em todas as áreas profissionais e no caso em apreço, no sector de Enfermagem. Na Extensão de Saúde de Mata Mourisca estão inscritos 1939 utentes, que, desde a aposentação do elemento de enfermagem ali colocado, têm vivido, assim como outros utentes de outras Extensões de Saúde do Concelho nas mesmas condições, períodos de alguma instabilidade, colmatados eficazmente pela permanência de uma Enfermeira que terminou o seu contrato a termo certo em Maio de 2006, tendo sido de imediato proposto a sua renovação ao Sr. Coordenador da S.R.S. Leiria, e merecida a sua concordância deu cumprimento aos trâmites legais para autorização superior, aguardando-se a muito breve prazo o despacho positivo do Conselho da Administração da A.R.S. Centro.
ed. 2713, 22 de Fevereiro de 2007
in
http://www.oeco.pt/index.php?lop=conteudo&op=142949df56ea8ae0be8b5306971900a4&id=3aaa3db6a8983226601cac5dde15a26b#

Como os colegas poderam ler no artigo, a população de Mata Mourisca encontra-se sem enfermeiro à um mês e meio e a directora do Centro de Saúde de Pombal chega mesmo a referir-se à escassez de recursos, mais concretamente de enfermagem. Quando li esta notícia eu nem queria acreditar que a mesma fosse possível! Será que a A.R.S. do Centro sofre de tamanha escassez de recursos humanos que não tem enfermeiros para colocar na extensão de Mata Mourisca? Pois se não tem, eu conheço muitos enfermeiros que não se importavam de ir para lá exercer funções, inclusivamente eu, se nos fosse dada a oportunidade... Em termos de A.R.S. eu só me inscrevi na do Norte e como tal só posso referir-me à mesma. É neste sentido que vos informo que a A.R.S. do Norte tem as inscrições suspensas (pelo menos no início do mês estavam), quando pelos vistos a do Centro necessita... A ser assim, não deveria haver mais articulação entre as diferentes A.R.S.? Eu sei que são administrações diferentes mas, fazem todas parte do SNS...
Enfim...
Andreia Guedes

publicado por enfermeirosunidos às 23:08
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Pedro Melo a 15 de Maio de 2007 às 19:38
Colega (s) repare (m) nos pormenores do artigo - Referem-se à Enfermeira como Auxiliar da Médica (que coitada até faz consultas de PF e Saúde infantil Sozinha), como se as consultas de Enfermagem tivessem alguma coisa a ver com as consultas Médicas...

Naquele Centro de Saúde, mais do que Enfermeiros, precisam renovar as mentalidades... Os Enfermeiros de Família devem ser admitidos de acordo com a Ratio Enfermeiro/ Famílias de acordo com as orientações da OMS ( cerca de 400 famílias para 1 Enfermeiro).

Apelo q que não se deixem iludir por meias palavras... Lutem pelo que é efectivamente a Enfermagem...

Cumprimentos

O colega


Comentar post

.mais sobre nós

.pesquisar

 

.Abril 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30


.Desaparecidos

.posts recentes

. AGRADECIMENTO

. Assembleia Extraordinária...

. APELO À SENSATEZ!!!

. O CULTO DA PERSONALIDADE

. Carta Secreta! (Humor)

. DATA DE RECEPÇÃO DAS PETI...

. Ter rosto ou não ter? Eis...

. PETIÇÕES - A LUTA VAI COM...

. Enfermeira precisa-se! Ma...

. Em resposta a...

.arquivos

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.subscrever feeds